A Câmara de Mediação MEDIARE dedica-se a administrar métodos consensuais de resolução de controvérsias, em especial a Mediação de Conflitos, para pessoas físicas e jurídicas, oferecendo um Painel Multidisciplinar de mediadores, especializados em distintos temas – Empresarial, Empresas Familiares, Família e Sucessões, Cível, Propriedade Intelectual, Tecnologia da Informação, Saúde, Comunidades, Escolar, Políticas Públicas, Socioambiental, Arte, Cultura e Entretenimento, Práticas Colaborativas e Docência.

A atuação da Câmara MEDIARE está norteada por seu Regulamento de Normas Éticas e Procedimentais de Mediação e pelo Código de Ética do CONIMA – Conselho Nacional das Instituições de Mediação e Arbitragem.

Os profissionais que integram o Painel Multidisciplinar de Mediadores foram capacitados pela Instituição e podem ser eleitos diretamente pelos envolvidos ou indicados pela Câmara, segundo sua especialidade e senioridade, após análise da complexidade do caso na etapa de pré-mediação (sessão de apresentação). Em regra, os mediadores atuam em pares, de preferência interdisciplinares, e podem compor dupla com mediadores externos ao Painel.

Cada caso é avaliado segundo sua especificidade e nível de complexidade – número de pessoas implicadas, tempo de controvérsia, nível de escalada do conflito, tentativas anteriores de resolução, existência de judicialização/arbitralização (se houver), necessidade de parecer técnico e valores financeiros envolvidos – e encaminhado para o respectivo Setor Temático.

Também poderá haver, por parte dos mediandos, escolha prévia e pessoal de mediadores internos ou externos ao painel organizacional.

Para solicitar uma Mediação, o interessando poderá entrar em contato pelo telefone (21) 25125256 ou através do e-mail mediare@mediare.com.br


Passo a passo:

Após entrar em contato com a Câmara MEDIARE, o solicitante deverá preencher o formulário de Informações Preliminares para Mediação. Preenchido o formulário, uma análise inicial da controvérsia será feita pelo Setor Temático pertinente ao caso e pela Direção da Câmara.

O MEDIARE fará análise inicial da controvérsia e verificação de disponibilidade dos envolvidos. Em seguida, será agendada uma reunião prévia para troca e ampliação de informações sobre a Mediação (pré-mediação), a partir da qual os envolvidos decidirão se querem prosseguir.

O contato com a parte demandada e o preenchimento de igual Formulário identificarão sua disponibilidade para o procedimento de Mediação. Uma reunião prévia para troca e ampliação de informações será agendada e será realizada preferencialmente com a presença de todos os mediandos e seus advogados, se já constituídos.

Após a pré-mediação, a análise da complexidade da controvérsia será ampliada – segundo o número de envolvidos (direta e indiretamente), o tempo da controvérsia, o nível de escalada do conflito, sua eventual judicialização ou arbitralização, as questões técnicas e os valores implicados.

Com base no nível de complexidade, uma Proposta de Prestação de Serviços indicando os valores de Taxa de Registro, Taxa de Administração, Honorários dos mediadores e seus CVs será enviada aos implicados.

Caso caiba à Câmara a indicação de mediadores, uma dupla de profissionais com especialidade e experiência consonantes com a complexidade da controvérsia será identificada para a validação das partes.

A adesão de todos os envolvidos ao procedimento e a validação da Proposta de Prestação de Serviços motivarão a assinatura do Termo de Participação em Mediação, caracterizando o seu início.

Download do Fluxograma de Mediação